Dia de Campo mostra alternativas de produção durante a Fenamilho

Atividades reuniram agricultores de toda a região que acompanharam explanações de técnicos

93 0
Área Demonstrativa do Milho apresentou alternativas e diferentes tecnologias para a produção da cultura
Área Demonstrativa do Milho apresentou alternativas e diferentes tecnologias para a produção da cultura

Agricultores de toda a região participaram na terça-feira, do tradicional Dia de Campo promovido pela Emater/RS – Ascar durante a Fenamilho Internacional. A partir da Iniciativa, os produtores rurais acompanham demonstrações de tecnologias que visam propor alternativas, em especial para a agricultura familiar, de produção com viabilidade econômica, social e ambiental.
No espaço da Mostra Tecnológica, os agricultores acompanham explanações de técnicos em estações que contemplam diferentes temáticas. Entre elas, o manejo de solos e adubação, manejo de pragas e doenças, utilização de plantas medicinais e bioativas para o corpo humano e animais e cultivo de hortaliças. Além disso, também conhecem opções de energias alternativas, cultivo de hortaliças e de plantas forrageiras, bem como o significado de produzir o próprio alimento.
Variedade de milho
Na Área Demonstrativa do Milho, os produtores rurais puderam conhecer o comportamento de diferentes variedades da cultura e seu potencial de produção, submetidas a manejos variados. Neste ano, organizado pela URI campus Santo Ângelo, através do curso de Agronomia e pelo Instituto Federal Farroupilha, a partir do curso de Técnico Agrícola, o espaço ganhou caráter experimental. No local, foram plantados milhos crioulos (que não são melhorados geneticamente) e milhos híbridos de alta tecnologia, submetidos a adubação orgânica (cama de aviário) e adubação química. No local, ainda há espaços para o milho sequeiro (sem irrigação) e milho irrigado.
Conforme o técnico em agropecuária da área de produção do Instituto Federal Farroupilha, Ivan Jacson Preuss, a partir da Área Demonstrativa do Milho, o potencial produtivo da planta e do grão pode ser avaliado. Entre os destaques dos resultados observados. A Área Demonstrativa do Milho ainda é organizada com apoio da Secretaria Municipal de Agricultura, Cotrisa, Pioneer, Emater/RS – Ascar, Sementes Lopes e Sindicato dos Trabalhadores Rurais.
No local, a URI ainda possui um espaço para experimentos com sementes de chia, produto rico em proteínas e outros nutrientes, utilizada na alimentação humana. Sob coordenação da professora do curso de Agronomia, Giselda Gihsleni, a URI está organizando a “Cartilha agronômica de recomendações técnicas para o cultivo de chia na região”.

Neste artigo

Participe da conversa