3ª Cronovolta celebra quatro anos da AVANT

Proprietários de Carros Antigos tem até o dia 30 deste mês para se inscrever em mais uma edição da Cronovolta que será realizada no início de setembro

107 0

Carreata da AVANT (7)A terceira edição da Cronovolta promovido pela AVANT – Associação de Veículos Antigos de Santo Ângelo será realizada no dia 2 de setembro e faz alusão ao quarto aniversário da entidade. As inscrições para participar do evento estão abertas até o dia 30 de agosto ao custo de R$ 75 para não associados e dá direito a camiseta para o piloto e o navegador.
A Cronovolta é um passeio cronometrado, não se trata de uma prova de velocidade, é uma prova automobilistica na qual a equipe composta por piloto e navegador tem que percorrer um trajeto predeterminado e traçado observando velocidade média, distancias e tempo estipulados na planilha da prova (Livro de Bordo).
Maiores informações disponíveis no site oficial da AVANT: http://www.avantsantoangelo.com.br/cronovolta-3
Contato: (55) 9 9972-6009 – Telefone/Whatsapp – Mateus (Presidente) / (55) 9 8169-9704 – Telefone/Whatsapp – Carlos (Comissão organizadora)

SAIBA COMO É A CRONOVOLTA
A largada acontece com espaço de tempo de 01 minuto entre as equipes, quando os competidores recebem a planilha (livro de bordo) e seguem as orientações previstas, com simbologias e sinais (representações gráficas denominadas de tulipa/convenção internacional) convencionados em regras e normas oficiais e utilizadas neste modelo de prova.
Durante o trajeto (percurso) existem PC’S (posto de controle/cronometragem) em locais fixos não identificados pelos competidores que fazem o controle de cada carro, conferindo e aferindo a precisão da velocidade/tempo da passagem no PC. A cada segundo adiantado ou atrasado que for apontado pelos fiscais a dupla é penalizada com perda de ponto. Ao final da prova a equipe competidora que “perdeu” menos pontos é declarada vencedora.
A prova é desenvolvida obedecendo das leis e normas de transito e transcorre em vias pavimentadas de fácil acesso e reconhecimento para os participantes. Ao piloto cabe dirigir o veículo e observar a velocidade estipulada para cada trecho seguindo orientações do navegador.
Ao navegador compete a leitura e interpretação do livro de bordo transmitindo ao piloto as instruções contidas, como direção a ser seguida (caminho correto), controle de tempo, configurações descritas (tulipa), obstáculos, referencias e todas informações contidas na planilha.
É permitido e necessário a utilização de equipamentos para competir. Além dos equipamentos do veículo (odômetro, velocímetro), calculadora, cronometro, celular. A prova não consiste em disputa de velocidade, pois os limites médios são estipulados igualmente para todas equipes, permitindo a participação de qualquer modelo, cilindrada, motorização de veiculo, observando apenas a questão da antiguidade (fabricados até 1987- exceção para Fusca/opala/kombi/caravan).

Neste artigo

Participe da conversa