Rodovia Cenair Maicá

A obra do Músico Missioneiro Cenair Maicá está prestes a ser evidenciada com uma homenagem do povo gaúcho

905 0

A obra do Músico Missioneiro Cenair Maicá está prestes a ser evidenciada com uma homenagem do povo gaúcho

Um Projeto que designa o nome de Cenair Maricá para a Rodovia ERS 536 foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa no último dia 24 de junho. PL 457/2019 é de autoria do Deputado Estadual Luiz Marenco e aguarda a sansão do Governador Eduardo Leite.

Rodovia Cenair Maicá (Copy)

A Rodovia Cenair Maicá (ERS 536) possui 40,82 km e liga os municípios de Mato Queimado, passa por Caibaté e chega até São Miguel das Missões, sendo que um dos trechos coincide com a BR 285.

Cenair Maicá foi um cantor, músico e compositor, considerado como um dos mais importantes artistas do sul do Brasil. Oriundo de uma família de músicos e intérpretes, sendo o mais consagrado deles, teve uma trajetória meteórica, uma obra de poucos discos em virtude de sua morte prematura, mas de fundamental importância no cenário poético-musical do Rio Grande do Sul. Gravou com Noel Guarany o compacto Filosofia de Gaudério e o CD Troncos Missioneiros, com Jayme Caetano Braun, Noel Guarany e Pedro Ortaça. Individualmente, registrou mais cinco discos, dentre os quais, Canto dos Livres, o mais consagrado de seus trabalhos, no qual pode expressar sua maturidade artística.

Cenair Maicá foi cantor das águas, dos rios, das matas e das missões. Suas obras são recheadas de signos ecológicos e sociais. Possuem características missioneiras dos dois lados do Rio Uruguai, retratando as vivências do homem civil na sua construção artística. Sua obra é permanente, eternizada na memória cultural do Rio Grande do Sul, que o reconhece como um dos maiores referentes da música gaúcha.

Neste artigo

Participe da conversa