Corsan de Santo Ângelo realiza a limpeza dos reservatórios

O Reservatório enterrado da ETA II - Estação de Tratamento de Água da Corsan localizado no Bairro São Carlos será esvaziado e limpo neste sábado, dia 27, a...

840 0

O Reservatório enterrado da ETA II – Estação de Tratamento de Água da Corsan localizado no Bairro São Carlos será esvaziado e limpo neste sábado, dia 27, a operação de limpeza inicia às 23 h e tem a previsão de ser encerrada às 3 h.

IMG_7790 (Copy)

Uma equipe especializada da CORSAN utilizará um caminhão hidrojato para fazer a higienização do reservatório enterrado da ETA II e não há previsão de desabastecimento. O reservatório possui a capacidade de guardar 1000 m³ o que equivale a 1.000.000 litros de água tratada, está localizado a cerca de 500 metros da bomba de captação instalada no Rio Ijuí e o sistema desta estação de tratamento é responsável por abastecer 75% da população de Santo Ângelo. O reservatório tem quatro (4) metros de altura/profundidade, 18 metros de diâmetro e nas 24 h do dia passam por este reservatório 160 m³ de água.

Gelson Luiz Faccin é formado em química industrial pela URI e na Corsan desempenha a função de técnico em tratamento de água, além disso, compõe o time dos cinco instrutores do estado na área de tratamento de água potável. Ele é uma das pessoas que monitora o sistema de abastecimento de água potável de Santo Ângelo e Entre-Ijuís e avalia positivamente o potencial hídrico da cidade e a qualidade da água do Rio Ijuí. “É um privilégio para nós contarmos com a água do Itaquarinchim (no lugar onde é captada) e do Rio Ijuí tão próxima da zona urbana”, avalia o especialista ao esclarecer que a qualidade da água destes rios é excelente quanto aos aspectos físicos, químicos e microbiológicos.

O sistema de abastecimento de Santo Ângelo conta com mais um reservatório de mesmas proporções na estação de tratamento localizada na agência central da Corsan “ETA I”. Este reservatório também passou por limpeza. Foi na noite de sexta-feira, entre as 23 h e 3 h. Os reservatório em formato de cálice também serão limpos em data a ser anunciada. Um deles fica próximo a sede social do Clube Gaúcho e outro na zona norte, junto a superintendência regional da companhia. Ambos com capacidade de 1.500 m³, ou seja 1.500.000 litros de água potável.

Produção de água tratada

Antes de chegar no reservatório e na casa da população a água bruta captada do Rio Ijuí passa pela análise de 18 parâmetros a cada duas horas, em um primeiro momento são verificados os índices de turbidez, PH e a quantidade de matéria orgânica suspensa.

Gelson Luiz Faccin no autoclave de esterilização
Gelson Luiz Faccin no autoclave de esterilização

Com base nestes primeiros parâmetros é feita a dosagem de produto químico específico. Compõe o sistema de tratamento canais e tanques de coagulação, floculação e também filtros de areia e seixos. Depois que a água apresenta aspecto transparente e sem partículas suspensas é feita a adição do cloro que tem a função de matar os micro-organismos como vírus e bactérias e por último é adicionada a dosagem de flúor.
Os filtros de areia e seixos do sistema de tratamento são limpos diariamente com 160m³ de água tratada por um sistema de inversão de fluxo. Os tanques, onde a decantação é feita são limpos a cada 60 dias e por fim, os reservatórios são limpos uma vez por ano, conforme o decreto estadual 23.430/1974.

Gelson Luiz Faccin mostra a água em decantação
Gelson Luiz Faccin mostra a água em decantação

IMG_7760 (Copy) IMG_7753 (Copy)

Estação de Tratamento de água ETA II - Corsan de Santo Ângelo - Fotos: Marcos Demeneghi
Estação de Tratamento de água ETA II – Corsan de Santo Ângelo – Fotos: Marcos Demeneghi
Exemplo de filtro usado no sistema com areia e seixos
Exemplo de filtro usado no sistema com areia e seixos
Reservatório da ETA II - capacidade 1000m³
Reservatório da ETA II – capacidade 1000m³
Neste artigo

Participe da conversa