A força e o protagonismo da mulher no turismo missioneiro

"O intercâmbio de conhecimento promovido pelas mulheres, passa por muitas áreas, e uma delas é o turismo, onde as mulheres possuem papel fundamental tanto no exercício das atividades...

153 0

Por – Izabél Cristina Ribas de Freitas | Assessora de Comunicação AMM/FUNMISSÕES

No dia 8 de março, como sabemos, é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Dia de todas, de qualquer lugar do mundo, de todos os continentes, todas as culturas, todas as religiões. O intercâmbio de conhecimento promovido pelas mulheres, passa por muitas áreas, e uma delas é o turismo, onde as mulheres possuem papel fundamental tanto no exercício das atividades da indústria, quanto como viajantes.

Izabél Cristina Ribas de Freitas - Foto: Anderson Utzig
Izabél Cristina Ribas de Freitas – Foto: Anderson Utzig

O turismo é um dos setores de destaque quando o assunto é a participação do gênero feminino em atuação: está na lista das 10 áreas com maior participação das mulheres no mercado de trabalho. Pesquisas recentes apontam que, aproximadamente 56% dos profissionais ligados ao setor são mulheres.

É importante lembrar que o setor do Turismo gera renda e emprego mundo afora e porque seria diferente no Brasil? É isso que estamos buscando a cada novo projeto implantado na Região das Missões. O segmento movimenta hotelaria, gastronomia, entretenimento, negócios, lazer e tantos outros. Ou seja, um ciclo virtuoso que faz a economia girar e impacta direta ou indiretamente mais de 50 setores do mercado.

A atuação feminina se mostra fundamental para manter as atividades que giram em torno do mercado de viagens, principalmente pela força e pela visão empreendedora que as mulheres possuem. São artesãs, hoteleiras, guias de turismo, turismólogas, agentes de viagens, chefs de cozinha, aeromoças e diversas outras funções. Em outras palavras, podemos dizer que a mulher é uma líder em crescimento constante. Dados do Ministério do Turismo apontam que, dos guias de turismo registrados no Cadastur, mais da metade são mulheres.
Somos maioria no Brasil

A mulherada é maioria no Brasil, cerca de 51,4% da população do país. O Brasil está entre os cinco países com mais mulheres que viajam por conta própria. Apesar de uma viagem sozinha para uma mulher caracterizar ainda um desafio, principalmente quando levamos em consideração a cultura e costumes de alguns destinos, a tendência é que o número de viajantes desacompanhadas cresça ainda mais nos próximos anos.

O protagonismo feminino no turismo é legítimo. Temos uma participação expressiva de mulheres neste mercado, o que abre uma possibilidade real de empoderamento, uma vez que as insere no meio produtor, além de conferir voz e autonomia para se colocar perante a sociedade. Além disso, as viagens de mulheres, solo ou entre amigas, também são uma tendência de mercado. Já existem pacotes específicos e destinos especializados neste tipo turismo, onde as atrações e atividades são voltadas ao público feminino, desacompanhado ou não.

Jogar luz sobre o tema e reforçar a importância do papel da mulher frente à indústria de viagens e turismo é permitir uma avaliação profunda sobre os espaços conquistados até aqui. Ter mais mulheres no mercado de trabalho, em posições de liderança e com salários que refletem suas qualificações e estudos é um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável proposto pela ONU, ou seja, a busca por trabalho descente e igualdade de gênero são fundamentais para uma sociedade justa e desenvolvida.

Seja em âmbito global, nacional ou regional, ainda há um grande desafio em diversos sentidos. Acredito que a evolução da presença feminina é, sem dúvida, uma contribuição de extrema relevância e um divisor importante de águas, em um mercado que se mostra acolhedor e otimista.

É importante destacar o imensurável papel da mulher na sociedade e a sua contribuição na indústria de viagens e turismo. Que possamos encontrar, cada vez mais, ânimo para cumprir nossos papéis e permanecer atuando em prol do Turismo, enquanto profissionais apaixonadas ou como viajantes encantadas. Parabéns a todas nós, mulheres do Turismo Missioneiro!

Neste artigo

Participe da conversa