Tucano e araras na casa do Dirceu

Cena rara de ser ver em ambientes urbanos, mas que é possível observar da janela da casa de um santo-angelense

489 0
Aves Silvestres (9) (Copy)
Aves Silvestres (2) (Copy) Aves Silvestres (16) (Copy) Aves Silvestres (15) (Copy) Aves Silvestres (14) (Copy) Aves Silvestres (12) (Copy) Aves Silvestres (1) (Copy)
Foto: Marcos Demeneghi

 


Dirceu Piaia é um santo-angelense que se adequou às normas legais para apreciar a excentricidade das aves silvestres brasileiras e agora acorda pela manhã, abre a janela e consegue apreciar o colorido das araras, papagaios e de um tucano toco. Depois de um dia de trabalho, ao aproximar-se de casa, tem o privilégio de escutar o alarido destas aves a espera de um petisco, como os amendoins e outras sementes que atraem as aves criadas neste espaço.
O hobby nasceu de uma aspiração cultivada desde criança, pois já tinha o hábito de conviver com papagaios, periquitos e outras aves exóticas, mas, há oito anos, resolveu dar uma passo além e adentrar em um universo mais complexo que é criar aves silvestres não domesticadas.
São oito aves, um casal de papagaio verdadeiro, um papagaio jandaia, um casal de araras tricolores, um casal de arara canindé e um tucano toco. Piaia buscou informações e edificou um local dentro de especificações legais estabelecidas e fiscalizadas pelo IBAMA e, só assim, conseguiu realizar o sonho de criar aves silvestres em cativeiro.
As aves são adquiridas de criadores comerciais, possuem uma anilha que as identifica e, além disso, o local onde vivem deve obedecer uma série de requisitos legais. A família compreende o hobby e inclusive participa desta vivência. Quando escolhe um destino para prática do turismo ou de lazer, por exemplo, Piaia e a família levam em consideração a possibilidade de entrar em contato com aves, viveiros, locais de recuperação de aves, zoológicos, entre outros.
Afinal, ver e observar os detalhes das penas e características destas espécies não é uma atividade comum nas zonas urbanas, somente em locais especializados para este tipo de criação.

Aves silvestres

A única forma de possuir “aves silvestres”, espécies brasileiras não domesticadas, como o tucano, de modo legal é adquirindo o bichinho de um criadouro autorizado pelo Ibama.
Quem retira um animal de seu habitat ou compra por meios ilícitos não tem como legalizá-lo depois.

Aves Silvestres (4) (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa