Redes de esgoto terão dependência de estações de bombeamento

Está em execução no Município de Santo Ângelo a implantação das redes coletoras, ramais prediais e quatro estações de bombeamento de esgotos com contratos de execução no valor...

177 0
Implantação de redes de esgoto no cruzamento da Av. Brasil com a Rua Santa Rosa
Implantação de redes de esgoto no cruzamento da Av. Brasil com a Rua Santa Rosa

As obras de ampliação das redes de esgoto continuam em Santo Ângelo. Até o momento já foram executados 7.230 metros de redes coletoras e 694 ramais prediais. Nas últimas semanas, operários realizaram interferências em dois locais ambientalmente sensíveis em Santo Ângelo, na Rua 10 de Novembro próximo ao Galerno, onde existe um dos fluxos de água que compõe a bacia do Rio São João e o outro na Rua Santa Rosa, cruzamento com a AV. Getúlio Vargas que também está recebendo infraestrutura de esgoto e fica próximo ao córrego popularmente chamado de Tchungum. (que também pertence a bacia do Rio São João)

A estação mais próxima destes locais e as condições de caimento do terreno apontam para o tratamento deste esgoto na ETE – Cohab, no entanto, esta estação trabalha no limite e o esgoto captado nestas novas redes será conduzido até a ETE – Índia Lindoia. Por este motivo, serão implantadas quatro estações de bombeamento de esgotos e os moradores terão que esperar a notificação da Corsan para fazer a ligação.

Valor do contrato é de R$ 19.026.546,42 (recurso financiamento CAIXA FGTS) e no mês de julho as obras fazem aniversário de um (1) ano e as empreiteiras tem um prazo total de execução de 1020 dias. Ao final destes 1020 dias pretende-se completar 42 km de redes coletoras e 4.711 ligações de ramais prediais. Infraestrutura que irá atender uma população de aproximadamente 17.350 habitantes. Somando-se as redes já implantadas teremos uma cobertura de 50% da população.

Saiba mais sobre a estação de bombeamento EBE 2A – Galerno

O esgoto coletado será tratado na estação de tratamento de esgotos Índia Lindóia e conduzido pelas redes coletoras até as estações de bombeamento de esgoto (EBES). As EBES serão executadas em pontos baixos do sistema e conduzirão o esgoto através das linhas de recalques até pontos mais altos do sistema. A estação de bombeamento (EBE 2A) receberá praticamente todo o esgoto da área de abrangência da obra (bacias 1A, 3A, 2B) e se localiza nos fundos do Clube Galerno, na Rua 10 de Novembro. Por esse motivo a execução das redes nessa região está sendo priorizada.

Segundo informações da superintendência regional da Corsan a obra está cumprindo os prazos do cronograma e trará resultados imediatos para o saneamento do Município de Santo Ângelo a partir do momento em que a população notificada pela CORSAN executar as ligações intradomiciliares e se conectar ao sistema.

O planejamento da execução da obra foi definido de acordo com a funcionalidade do sistema. Com isso, a medida que etapas e sub-bacias irão sendo concluídas a CORSAN fará a notificação dos usuários independente da conclusão de toda a obra.

As sub-bacias 4B, 4E e 3B não dependem de estações de bombeamento de esgotos para obter funcionalidade e por esse motivo sua execução também está sendo priorizada.

 

Neste artigo

Participe da conversa