Florada roxa na Três de Outubro

O colorido só poderá ser visto na primeira quinzena deste mês

177 0

IPE Roxo 3 de Outubro (3)Em meio aos galhos despidos de folhas a cor encanta quem passa e força o registro fotográfico. A florada dos ipês roxos da Rua Três de Outubro deve durar de 15 a 20 dias compondo a cena cotidiana de modo especial em Santo Ângelo. A arborização dos espaços públicos no município conta com esta espécie. o ipê roxo é o primeira a florir no ano e o mês que passou, praticamente sem chuva, favoreceu a visualização das flores, que permanecem por mais tempo na árvore.
Não existe um calendário rígido para a floração dos Ipês. Na sequência do ipê roxo está prevista a floração dos tipos amarelo, rosa e, por último o branco, na altura de setembro. Os ipês amarelos da Av. Brasil também são muito conhecidos e apreciados. Serão os próximos a florir e encantar turistas e moradores.
Anualmente o Ipê produz grande quantidade de sementes. Entre Agosto e Outubro ocorre a queda das folhas, a floração e após alguns dias as folhas voltam a brotar. Recomenda-se uma adubação com adubo orgânico ou químico, para fortalecer a muda.
Toda planta tem estratégias de dispersão de sementes e perpetuação da espécie, o tempo seco e o vento mais forte ajudam na dispersão delas, explica a engenheira agrônoma Carmem Regina Correia, professora da Universidade de Brasília (UnB), em entrevista concedida para a agencia brasil. Os frutos são vagens que contêm sementes aladas, próprias para a dispersão pelo vento.

Informações técnicas sobre os ipês
Nome Científico: Handroanthus avellanedae (Bignoniaceae).
Os Ipês são árvores muito utilizadas no plantio em calçadas, por sua florada exuberante e também pelo fato de não causar danos a calçada. Espécie com 20-35 m de altura e tronco com 60-80 cm de diâmetro.
As folhas são compostas palmadas, 5-folioladas e os folíolos, quase glabros, possuem de 5-13 cm de comprimento por 3-4 cm de largura. As flores são reunidas em inflorescências terminais, com coloração roxa e, raramente, branca.
http://www.ibflorestas.org.br

Neste artigo

Participe da conversa