Falta de material asfáltico paralisa obras

A falta na produção e entrega do cimento asfáltico de petróleo (CAP) paralisa obras em Santo Ângelo.

146 0

A falta na produção e entrega do cimento asfáltico de petróleo (CAP) paralisa obras em Santo Ângelo. O CAP é um dos principais insumos na preparação da massa asfáltica. O CAP é obtido pelo processo de destilação do petróleo nas refinarias da Petrobras e que provém de petróleo importado ou nacional para o emprego em serviços de pavimentação ou industrial.
A empresa Bripav, responsável por várias obras de pavimentação no município, está sofrendo com a falta do material. A causa apontada é o atraso na produção do material por parte da Petrobras.
O engenheiro da Bripav, Joanir Folgiarini, afirma que a direção da Refinaria Alberto Pasqualini (REFAP) informou problemas na produção de CAP e, também, na “amarração” de navio de petróleo em Tramandaí. Comunica ainda que a previsão de normalização no fornecimento deve ocorrer somente no dia 10 deste mês.
As obras que a Bripav está realizando em Santo Ângelo e que estarão aguardando a chegada do CAP estão os asfaltamentos das ruas Marquês do Herval, entre a Rua Tiradentes e Carlos; e Avenida Venâncio Aires, entre a Travessa Santo Antônio e Rua São José.

1 -Asfalto -foto fernando gomes (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa