Daltrozo avalia atuação na OAB

O pleito para a escolha dos novos dirigentes da Ordem dos Advogados do Brasil ocorrerá no dia 30 de novembro. O advogado João Olavo Daltrozo está encerrando o...

259 0

DALTROZO 1 (Copy)– A mim que já havia presidido a entidade, por volta de 1991, foi, sem dúvida um motivo de honra ser eleito por mais esse último mandato, impondo-se, de início, registrar o agradecimento e gratidão a todos os colegas advogados que compõe a Subseção. A OAB subseção local, é muito diferente do que foi no passado, quando administrávamos a Ordem, praticamente do nosso próprio escritório, quando não, num fundo de quintal como diríamos. Lembro perfeitamente quando nossa sede – alugada – se dava aos fundos do Edifício Noroeste (encima das garagens). Hoje, contamos com uma moderna sede, aliás, tida como uma das mais bem estruturadas do interior do Estado, contando com salão de eventos (em torno de 186 lugares), salão de festas (em torno de 65 lugares), sala para cursos online (em torno de 22 lugares), sala de instrução de processos disciplinares, sala de diretoria, sala de fisioterapia e massoterapia, secretaria executiva, sala para advogados que queiram elaborar suas petições, enfim, uma obra bem aparelhada para ao advogado e o exercício profissional – observou.
Daltrozo comentou ainda que “no âmbito da advocacia propriamente dito, conseguimos inúmeros avanços nesses últimos dez anos, a destacar, o que veio contido no novo CPC em vigor em 2015, como sejam: a questão dos honorários profissionais, tema com o qual nos debatíamos há mais de vinte anos, finalmente superado pela fixação adequada e correta da referida verba; tivemos o prazo em dias úteis, tema também importante, permitindo que o advogado tivesse efetivamente, seu descanso aos finais de semana (antes considerado nos prazos), férias forenses, e mais recentemente, isenção de custas na medida em que o advogado tenha que cobrar seus honorários, quer sejam contratados, quer sejam advindos de sucumbência, tudo isso representou grandes avanços, repito, no exercício da advocacia. Assim, vivenciamos um grande momento na advocacia nacional, ocasião em que, a propósito, tivemos o primeiro gaúcho como presidente do Conselho Federal da Ordem, o Dr. Cláudio Pacheco Prates Lamachia”, completou.

HARMONIA
O presidente da Subseção disse ainda que os avanços contaram sempre, com o apoio incondicional da Seccional do Rio Grande do Sul, na pessoa do Presidente Dr. Ricardo Breier, da presidente da Caixa de Assistência, Dra. Rosane Marques Ramos e da Escola Superior de Advocacia, Dra. Rosângela Herzer dos Santos: “com quem tivemos estreito relacionamento, quer no tocante aos aspectos administrativos propriamente, quer no toante a instrumentalização da sede (móveis e utensílios), quer no tocante aos cursos de aperfeiçoamento que passaram a ser ministrados com frequência na sede da Subseção via online”, explicou. “Devo destacar, também, que tivemos uma diretoria em total harmonia com os interesses da advocacia e do advogado, estabelecendo uma boa relação institucional com as demais instituições, essa, aliás, imperiosa quanto se trata de uma entidade das mais respeitadas e confiáveis do país”, disse. Quanto aos cursos, tivemos e estamos tendo os mais diversos cursos de aperfeiçoamento, ministrados de regra, pela Escola Superior de Advocacia, até porque, o bom advogado precisa estar sempre atualizado para enfrentar o dia a dia dos processos judiciais”, completou.

Neste artigo

Participe da conversa