A “Central do Bem” foi criada para quem deseja ofertar e receber

Cada cômodo agrega um dos sete departamentos: Linha bebê, infantil masculino e feminino, adulto masculino e feminino, cama, mesa, banho e reposição. A “Central do Bem” ainda dispõe...

222 0

Central do Bem - antes da inauguração - feminino adultoDistribuir de modo mais organizado e justo os agasalhos arrecadados no município e ao mesmo tempo criar um lugar de referência para as pessoas em situação de vulnerabilidade social que buscam apoio.
Este é o objetivo da Central do Bem que inaugura na segunda-feira, dia 18, e além de ser uma ferramenta de distribuição, será também uma referência para quem deseja doar utensílios domésticos, roupas, cama, mesa, banho e até móveis.
O início das atividades da Central do Bem pega carona na distribuição dos donativos da Campanha do Agasalho 2018, mas não se resumirá neste propósito, tendo em vista as atividades permanentes da casa durante as quatro estações do ano.
A Central do Bem está localizada na Rua São Carlos, 1132, fundos do Colégio Marista. Tem o funcionamento coordenado pelo Gabinete da Primeira Dama, Juliana Barbosa, mas se efetiva com o trabalho de muitas mãos. São Servidores das Secretarias de Assistência Social, Trabalho e Cidadania e do Meio Ambiente.
Funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min.

O NOME RESUME A IDEIA
O local foi idealizado para centralizar ações sociais o ano todo, atendendo as pessoas com mais dignidade, exatamente em suas demandas familiares.
A proposta carrega o slogan “Fazer o bem, faz bem” e a equipe de trabalho foi intuída no compromisso de inovação, fazendo o máximo com o mínimo de recursos, deste modo potencializando ações que já estavam em curso no município.
“Muitas pessoas compraram a ideia e o projeto está sendo realizado por servidores das secretarias da ação social, habitação e meio ambiente”, lembrou a primeira dama Juliana Barbosa.
Juliana contou que percebia a necessidade de organizar um sistema mais eficiente, tanto para os servidores da ação social, quanto para a população assistida.
O prédio recebeu adaptações, reformas, jardinagem com reaproveitamento de pneus, possui banheiros, conta com uma lavanderia de roupas, um ateliê com quatro máquinas de costura, um depósito de móveis.
Quem quizer realizar serviço voluntário também será bem-vindo na casa e a Central do Bem já conta com um marceneiro que atuará em pequenas reformas de móveis.
As doações à Central também poderão ser comunicadas pelo telefone, por meio dos números (55)3313-5514 e do Plantão Social da Secretaria Municipal de Assistência Social (55) 8403-9997 (24 horas) ou do e-mail centraldobemsantoangelo@gmail.com.

Central do Bem - antes da inauguração

Central do Bem - antes da inauguração - Infantil

Central do Bem - antes da inauguração - fachada

Neste artigo

Participe da conversa