Uma vírgula no ritmo cotidiano

A II Nightfever será realizada na próxima sexta-feira, dia 17 das 20h às 24h na Capela do Colégio Teresa Verzeri em Santo Ângelo

90 0
Alunos cantam na capela do Colegio Verzeri  (Foto Ilustrativa)
Alunos cantam na capela do Colegio Verzeri (Foto Ilustrativa)

Na Capela do Colégio Verzeri na próxima sexta-feira, dia 17, entre as 20h e 24h a pessoa comparece a hora que puder e permanece o tempo que quiser, pois será realizada a segunda edição do Nightfever. Em conjunto com integrantes de paróquias católicas de Santo Ângelo a comunidade escolar propõe uma pausa no ritmo cotidiano de alunos, familiares e comunidade em geral.

A música e o silêncio são condutores deste evento que incentiva aos participantes buscarem o equilíbrio entre as dimensões: tecnológica e humana/espiritual. “Um momento de silêncio interior, reflexão e autoencontro”, disse Irmã Inelve Balbi, que também falou que o Nightfever é uma proposta que surgiu nas Jornadas Mundiais da Juventude, originalmente voltados para jovens. Hoje acontece em vários países e tem chamado muito a atenção pela proposta de ser um espaço de oração sem a condução de um pregador.

As alunas que divulgaram o evento na última semana ressaltaram que neste encontro reserva-se um tempo para pensar em atitudes cotidianas destacando que o Nightfever é uma experiência ímpar para buscar o autoencontro. A metodologia busca o encontro com deus e se utiliza da música, a escuta e o silêncio interior.

Na primeira edição participaram cerca de 300 pessoas.
Além disso, serão disponibilizados espaços para uma conversa o que a organização chama de “espaços confidenciais de orientação vocacional, espiritual e de reconciliação”.

 

Neste artigo

Participe da conversa