Tradicionalistas definem estratégias para a Inter-Regional do Enart

O maior festival de arte amadora da América Latina será nos dias 29 e 30 de setembro. Tradicionalistas elogiaram organização e hospitalidade do evento passado

142 0

AssetrasaAssociação Tradicionalista de Santo Ângelo (Assetrasa) e Prefeitura Municipal de Santo Ângelo se reuniram na tarde da quinta-feira, dia 1, para tratar, principalmente, da Inter-Regional do Enart (Encontro de Artes e Tradição Gaúcha) em Santo Ângelo, que será realizada nos dias 29 e 30 de setembro. O encontro contou com uma presença especial: Nairo Callegaro, presidente do MTG (Movimento Tradicionalista Gaúcho). A preparação para o evento que reunirá tradicionalistas de diversas regiões do Rio Grande do Sul em Santo Ângelo no mês de setembro já começou. E, segundo o presidente da Assetrasa, Paulo Faganello, muito do sucesso obtido no ano passado e a grande movimentação atual, mesmo com seis meses de antecedência, se deve à inédita união das entidades tradicionalistas do município e o apoio do poder público.
“A Assetrasa, hoje, tem mais poder. As pessoas com intuito de ajudar se aproximaram da associação e a prefeitura está sempre de portas abertas para nossas demandas”, argumenta Faganello. Felipe Menezes, que integra a área de comunicação, fez eco ao destaque ao lembrar que “atualmente, temos as pessoas certas nos lugares corretos”.
Sobre a edição 2017 da Inter-Regional em Santo Ângelo, Nairo Callegaro trouxe de Porto Alegre um feedback positivo. “Recebemos muitos elogios de setores do MTG a respeito da organização do evento no ano passado na cidade. Quando a sociedade é capaz de se unir, consegue fazer acontecer. E realizar a Inter-Regional do Enart novamente aqui neste ano é um reconhecimento, mas também um desafio. É preciso tomar todo o cuidado possível para que o sucesso seja a marca da cidade, novamente.”
Nadir Ferreira Sommavilla, que faz parte da comissão organizadora da Inter-Regional 2018, disse que as equipes de trabalho foram fortalecidas em comparação ao ano passado para que tudo saia de acordo com o planejado.
O prefeito Jacques Barbosa aproveitou para fazer algumas sugestões à comissão organizadora. Uma delas é o melhor aproveitamento da presença dos turistas em Santo Ângelo nesta época: “uma ideia é disponibilizar gratuitamente ônibus com guias turísticos para que os competidores e seus acompanhantes conheçam o Centro Histórico e outras atrações que temos na cidade enquanto não estiverem participando das provas. O MTG nos deu, mais uma vez, uma grande oportunidade de mostrar a qualidade do nosso trabalho aos de fora”.

Neste artigo

Participe da conversa