“Berço de Acalantos” estaciona no Brique

O primeiro Município da região a receber a ação é Santo Ângelo - depois de Canoas, cidade berço do projeto

69 0

Berço de acalantos 02“Berço de Acalantos” é um projeto que propõe a instalação de em um berço-biblioteca, munido de um acervo literário qualificado; da presença dos mediadores de leitura, Odair Fonseca e Rosane Castro; e de muita afetividade. O primeiro Município da região a receber a ação é Santo Ângelo – depois de Canoas, cidade berço do projeto. Na sequência, as atividades circularão pelas cidades de São Borja e São Luiz Gonzaga, oportunizando, ao público, de forma gratuita, acesso aos livros, leitura e literatura.
Conforme o produtor Odair Fonseca, idealizador da proposta, um texto literário possui a capacidade de acalentar, criando uma relação de afeto com o ser humano.
De acordo com a Secretária Municipal da Cultura, Neusa Cavalheiro, esta é mais uma ação que a pasta desenvolve, neste ano, estimulando à escrita e à leitura “Leitura não é uma habilidade que se desenvolve por decreto ou ordem, mas sim, algo que envolve a decisão do leitor. Por isso, sediar um projeto como este, que visa incentivar à leitura desde cedo, é de extrema importância. Com os livros, a criança desenvolve o vocabulário, aumenta o repertório de palavras, escreve melhor, trabalha a criatividade, a imaginação e a reflexão”, completou a secretária.
“Berço de Acalantos” é um projeto contemplado pelo Edital n° 10/2016 – “Livro, Leitura e Literatura – Pró-Cultura RS Fundo de Apoio à Cultura”, da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul e conta com o apoio da Administração Municipal, através da Secretaria Municipal da Cultura.

Neste artigo

Participe da conversa