Pedalando nas Missões

O Audax Missões 200 e o Desafio ACM de 100 km reuniram 186 ciclistas vindos de 27 cidades gaúchas em Santo Ângelo no último domingo, dia 5

118 0
Ciclistas venceram os limites das cidades de Sete de Setembro, Guarani das Missões, Cerro Largo, Salvador das Missões, São Paulo das Missões, São Pedro do Butiá, e Roque Gonzales, retornando a Santo Ângelo com a chegada na Catedral
Ciclistas venceram os limites das cidades de Sete de Setembro, Guarani das Missões, Cerro Largo, Salvador das Missões, São Paulo das Missões, São Pedro do Butiá, e Roque Gonzales, retornando a Santo Ângelo com a chegada na Catedral

O desafio “Audax Missões 200 km” reuniu 148 participantes vindos de 27 cidades gaúchas. No domingo, dia 05, iniciaram o percurso em frente ao Clube 28 de Maio em Santo Ângelo e depois de passarem pelo limite de sete cidades Missioneiras e quatro pontos de apoio e controle chegaram a Frente da Catedral Angelopolitana, onde foram recepcionados pelos integrantes da ACM – Associação Ciclo Missões e o organizador da prova Adair Jacinto Tomazi.

Cada participante foi contemplado com uma Medalha de Participação e um certificado homologado pelo Clube Parisiense, que é o organizador geral dos desafios “Audax 200, 300, 400 e 600 quilômetros. São circuitos de longa distância que possuem um calendário organizado em todo mundo, inclusive no Brasil.
Tomazi explica que o Audax Missões é um circuito recentemente homologado e atraiu uma quantidade interessante de participantes, vindos de todo o Estado. O desafio Missioneiro passou a integrar o calendário Brasileiro, juntando-se aos outros 31 clubes homologados no Brasil. Pegar a estrada em uma geografia ainda desconhecida é um fator que incentiva os ciclistas veteranos.

O Audax é uma prova de desafio pessoal, na qual, não há vencedores. Cada participante tem o seu limite e a sua meta, no entanto, para receber o diploma de participação e medalha deve passar pelos PCs – Pontos de Controle e não exceder o tempo máximo que é de 13h30min. Os ciclistas também optam por completarem todo o circuito durante o calendário, que oferece provas de 200/300/400 e 600 quilômetros em localizações diversas. O ciclista opta por completar o circuito levando em conta os seus critérios pessoais e preparo para a distância ofertada.

O ciclista Paulo Almeida de Augusto Pestana fez a prova em 8h30min e foi o primeiro a cumprir o Audax Missões 200 quilômetros. Ele conta que participar de um Audax incentiva o treino diário e o exercício do ciclismo, faziam três anos que ele não encarava uma um desafio oficial, mas a nova geografia do Audax Missões incentivou a inscrição.

Paulo Almeida de Augusto Pestana fez a prova em 8h30min e foi o primeiro a cumprir o Audax Missões 200
Paulo Almeida de Augusto Pestana fez a prova em 8h30min e foi o primeiro a cumprir o Audax Missões 200

Pedalando aos 60

Audax Missões 200 km - 2017 (5)

Concomitante ao Audax 200 foi realizado o desafio ACM Missões de 100 km. Teve a participação de 38 ciclistas de nove cidades gaúchas. Entre os participantes Guilhermina Weber, ela tem 60 anos e acompanha os filhos que participaram do Audax 200. Roberto e Lendro Weber concluíram o percurso do Audax 200 realizando o segundo menor tempo entre os participantes inscritos. Em frente da Catedral posaram para a foto ao lado da mãe que antes deles, já havia concluído o desafio de 100 quilômetros.

 

 

Neste artigo

Participe da conversa