Colégio Verzeri completou 89 em 1º de março

Colégio Tereza Verzeri de Santo Ângelo se confunde com a própria história da missão no Brasil, sendo este educandário uma referência para o movimento missionário na América Latina....

199 0
Colégio Teresa Verzeri - Av. Getúlio Vargas em Santo Ângelo - Foto: Marcos Demeneghi
Colégio Teresa Verzeri – Av. Getúlio Vargas em Santo Ângelo – Foto: Marcos Demeneghi

O Colégio Teresa Verzeri completou 89 anos na segunda-feira, dia 1º de março. Foi fundado em 01 de março de 1932 por um grupo de religiosas liderados pela Madre Catarina Lépori, constituindo-se a segunda escola a ser implantada no Rio Grande do Sul pelas Filhas do Sagrado Coração de Jesus.

Teresa Verzeri nasceu em Bergamo, na Itália e juntamente com Monsenhor Giuseppe Benaglio iniciaram a congregação denominada “Filhas do Sagrado Coração de Jesus”. A obra das “Filhas do Sagrado Coração de Jesus” frutificou e se espalhou por 14 países nos quatro continentes, chegando ao sul do Brasil (na cidade de Três de Maio) no final do ano de 1930, e, no ano de 1932, o Colégio Teresa Verzeri de Santo Ângelo foi inaugurado.

A provincial Irmã Neusa Falcade fala que a história do Colégio Tereza Verzeri de Santo Ângelo se confunde com a própria história da missão no Brasil, sendo este educandário uma referência para o movimento missionário na América Latina. Tendo em vista que o Colégio Teresa Verzeri também foi a primeira casa provincial, onde Madre Catarina Lepori, coordenava as ações nesta região do Brasil.

Madre Catarina também foi a primeira diretora do Colégio Teresa Verzeri. Veio ao Brasil juntamente com a segunda comitiva de missionárias. Neste continente a obra iniciada por Teresa Verzeri ganhou força no Brasil, Argentina, Paraguai e Bolívia. No Brasil está em Santa Catarina, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia, Alagoas e Pernambuco, com atuação nas áreas da educação, saúde, além de ações sociais em diversas comunidades.

Arquitetura

As colunas e os tradicionais brises que compõe a arquitetura do colégio e lhe conferem peculiar identidade foram implantadas na década de 70, quando o prédio original recebeu reformas estruturantes.

Naqueles anos foi necessário o reforço das estruturas de fundação. Neste sentido, além de sapatas, foram feitas vigas entrelaçando todas as paredes, formando uma espécie de esqueleto estrutural. Nas vigas foram fixados os brises reforçando o tom de originalidade do prédio,

No ano de 2017 a pintura nas cores azul, amarelo e vermelho foi realizada, projeto de pintura que contempla as cores que fazem parte da marca que compõe a Rede Verzeri.

Neste artigo

Participe da conversa