Obras nos vagões estão em fase final

O anúncio foi feito pela empresa, que iniciou as obras no ano passado e está executando os serviços, cujo investimento total é de R$ 212.474,88.

67 0

Estação de trens (Copy)O processo de restauração dos vagões de trem que ficam no Museu Ferroviário e Memorial e da Coluna Prestes, devem ser concluídos ainda neste ano.
O anúncio foi feito pela empresa, que iniciou as obras no ano passado e está executando os serviços, cujo investimento total é de R$ 212.474,88.
Na última segunda-feira, dia 26, o arquiteto Renato Savoldi, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Rio Grande do Sul (IPHAE/RS), realizou uma vistoria técnica às obras de restauração dos vagões de trem.
A iniciativa de realizar a revitalização é do Governo Municipal e do Ministério Público Federal – MPF –, intermediada pelo Procurador Osmar Veronese, que destinou investimentos de R$ 212.474,88.
O valor é oriundo de transações penais impostas pelo Ministério Público Federal – MPF – de Santo Ângelo.
Na visão da secretária de Cultura, Neusa Cavalheiro, a reforma dos vagões é essencial para a preservação da história das Missões. “Nossa média de visitantes mensais no Memorial Coluna Prestes é de 800 pessoas.
Esse resgate histórico da cultura missioneira vai potencializar o turismo em Santo Ângelo e Região, movimentando assim, a economia local”, ressaltou a secretária.
O complexo que abriga o Museu Ferroviário e o Memorial à Coluna Prestes está tombado como Patrimônio Histórico pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul.
Neusa acompanhou a vistoria juntamente com a presidente do Conselho Municipal do Patrimônio Arqueológico, Histórico e Cultural de Santo Ângelo (COMPAHC), Thalis Garcia, o arquiteto responsável pela fiscalização da obra, Antônio Fabrício da Silva, a arquiteta responsável pela elaboração do projeto de restauro, Maíra Pires, e o representante da empresa executora da obra.

Neste artigo

Participe da conversa