Foi em busca de areia que ele conheceu Maria

Antônio Carlos Rousselet pega a cuia e a térmica, senta-se no sofá e enquanto serve um chimarrão, fala com entusiasmo: “Que vício herdamos dos Guaranis, não é mesmo?”....

125 0

IMG_4497 (Copy) (Copy)O “dedo de prosa” foi sobre construção civil, mas o assunto foi só uma desculpa para lembrarmos que este santo-angelense de coração completará na próxima segunda-feira, dia 24, 90 anos de vida. Antônio Carlos Rousselet conhece fatos que os moradores mais novos que ele, não conhecem, entre estas curiosidades está a extração de areia do Rio Ijuí.
Há pouco mais de 30 dias Rousselet retirou um tumor da cabeça e está entusiasmado com a vida que lhe sorri com mais esperança. Vive um dia após o outro, e lá se vão 32.850 dias, ou 90 primaveras. Grande parte dos dias, bem vividos, passou ao lado das pessoas que ama, por isso lembrou do Rincão dos Mendes, onde ele e o Irmão José Carlos faziam passeios de reconhecimento do lugar para identificar bancos de areia e foi justamente nestas andanças que conheceu Maria.
Este contador de Histórias lembrou do lugar onde conheceu a mãe de seus filhos, Maria Rosalina Krejci Rousselet. O Rincão dos Mendes e a Ilha Grande são terras contornadas pelo Rio Ijuí, ele lembra que era de lá que saíam metros cúbicos de areia para edificar pilares de construções que ainda fazem parte da paisagem urbana de Santo Ângelo.

Construção civil
Rousselet lembra episódios que nos ajudam a compreender o modo de vida nas décadas de 30, 40 e 50. Se nesta conversa falamos de areia, também falamos de construção civil e ele recorda três períodos distintos do desenvolvimento de Santo Ângelo. Antes da chegada da ferrovia, depois que Santo Ângelo entrou na rota ferroviária e anos mais tarde, quando atuava como um extrator de areia do Rio Ijuí e Ijuizinho.
Um dos construtores pioneiros, lembrado neste dedo de prosa, foi Gildo Castelarim, que edificou o prédio da Antiga Estação Ferroviária de Santo Ângelo e edificações mais antigas, ainda existentes, como o prédio da esquina da Rua 25 de Julho com a Marquês do Herval.
Depois da instalação da ferrovia o desenvolvimento deslanchou e um segundo momento econômico iniciou em Santo Ângelo, foi neste tempo que a Construtora Medaglia fazia história construindo casas com arquitetura simplificada para vencer a demanda de crescimento da cidade.
Estas obras estão na paisagem urbana e na memória visual dos santo-angelenses, são edificações que se localizam rentes ao passeio público, em alvenaria e com platibanda (telhado escondido), visualizadas no centro da cidade. Rousselt lembra que o desenheista das casas era Rudá Rochemback.
Anos mais tarde os irmãos Antonio Carlos e José Carlos também protagonizaram na construção civil, tocavam a empresa de construção Rousselet LTDA. Edificações feitas pela construtora também marcam um tempo de prosperidade de Santo Ângelo. A areia do Rio Ijuí está nos pilares do Novo Clube Gaúcho, da casa do Dr. Ernesto Nascimento, a edificação do hospital Gatz, a Casa do General, entre outras.

Santo Ângelo que conheci III
O relato de fatos como este atestam o protagonismo e pioneirismo deste ilustre morador de Santo Ângelo. Ele pretende completar no próximos meses a trilogia “Santo Ângelo que eu conheci”, será o quarto livro já lançado. Rousselet tem o prazer de contar histórias vividas na cidade que adotou para morar, onde testemunhou e protagonizou fatos históricos e também cotidianos. O livro faz uma compilação de artigos publicados em jornais, mas o artigo principal aborda a presença das forças armadas em Santo Ângelo, desde 1918. Também traz peculiaridades da Coluna Prestes, entre outros assuntos.
Para celebrar os 90 anos de história fará uma reunião familiar com filhos genros e netos. Antonio Carlos Rousselet é filho de Carlos José Rousselet e Maria Conceição Pereira Rousselet. Nasceu em Santa Maria em 24 de setembro de 1928 e passou a residir em Santo Ângelo em 1932.
Com Maria teve seis filhos, Maria Conceição, Carlos Augusto, Carmem Regina, Tania Jussara, Sandra Beatriz e Daniela Cristiane. Tem 15 netos e 14 bisnetos.

Neste artigo

Participe da conversa