Caixa autoriza licitar a obra de asfaltamento até São João Batista

A autorização para prosseguimento da operação que trata do Programa ‘A Hora do Turismo – Pavimentação de acesso ao parque histórico sítio arqueológico São João Batista’ no município...

929 0
Acostamento da estrada de acesso a São João Batista- Características do relevo e paisagem Foto - Marcos Demeneghi
Acostamento da estrada de acesso a São João Batista- Características do relevo e paisagem Foto – Marcos Demeneghi

A autorização para prosseguimento da operação que trata do Programa ‘A Hora do Turismo – Pavimentação de acesso ao parque histórico sítio arqueológico São João Batista’ no município de Entre-Ijuís, foi expedida na última quinta-feira, dia 26, pela Superintendência de Passo Fundo, que também comunicou ao Prefeito de Entre-Ijuís, José Paulo Meneghine, as orientações para dar segmento ao processo licitatório. 

A Caixa Econômica Federal autoriza a Prefeitura de Entre-Ijuís a proceder com a licitação para contratar a empresa que executará a obra de asfaltamento entre a BR 285 e o sítio arqueológico de São João Batista. Trata-se de um trecho de terra com aproximadamente 6,2 km. Este projeto é o primeiro de um conjunto de obras requisitadas pela região missioneira. Conquistada com o engajamento de lideranças e também trabalhada no Grande Projeto Missões.

Um marco para o turismo nas Missões

Os projetos de ligações asfálticas entre a BR 285 e os Sítios Arqueológicos de São Loureço Mártir e São João Batista, são considerados prioritários para qualificar e melhorar aspectos de mobilidade de turistas e fundamentais para o desenvolvimento deste setor na região Missioneira.

Por hora, somente Entre-Ijuís venceu todos os trâmites burocráticos e teve esse avanço na concretização deste projeto.

Dentro do território Brasileiro e Gaúcho, estes espaços possuem os mais notáveis vestígios que comprovam a existência dos Sete Povos das Missões.

Destacam-se ainda, as ações recentes de preservação destes patrimônios. Foram empreendidas no ano de 2020 obras de consolidação dos remanescentes arqueológicos em São João Batista.

Neste trabalho, arqueólogos e técnicos identificam as patologias presentes nas edificações antigas, como pedras soltas prestes a cair, infiltrações que podem comprometer as paredes e fazem o trabalho de consolidação, ou seja, interrompem qualquer tipo de evento que possa degradar ainda mais estas paredes históricas.

São João Batista (3) (Copy)

Monumento eslcupido por Von Adamovich. Uma homenagem ao Pe. Antônio Sepp, fundador da redução. O monumento feito em arenito esculpido representa o processo desenvolvido pelo padre Sepp para a fundição de ferro desde a coleta do itacuru (pedra cupim), o processo de moagem da pedra, a alimentação do fogo no forno e a consequente extração do ferro pela fundição do minério.

Edição e fotos: Marcos Demeneghi

São João Batista (5) (Copy) Outubro - São joão Baptista (7) (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa