Visita a comunidade Mbyá-Guarany

Uma comitiva da Prefeitura Municipal visitou o acampamento Guavirá Poty, da comunidade Mbyá-Guarany na terça-feira, dia 22

337 0

aLDEIA (Copy)O acampamento Guavirá Poty da comunidade Mbyá-Guarany recebeu a visita de uma comitiva da Prefeitura Municipal de Santo Ângelo na última semana.
A comunidade possui cerca de quarenta índios e está localizada em uma propriedade particular na Linha Paraíso, enquanto aguardam a aquisição de um local para iniciar uma aldeia definitiva.
A comitiva foi recebida pelo Cacique Floriano (Werá Xondaro) e seus familiares que realizaram um ritual típico Mbyá com danças e músicas para inaugurar um local construído com pindó (folhas de coqueiro) e taquara para receber visitantes.
Werá Xondaro (Floriano) é comendador do mérito cultural, honraria recebida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ex-ministro da Cultura Gilberto Gil. Fala quatro línguas, toca violino e é regente do Coral da aldeia.
Estiveram visitando o local na terça-feira, dia 22, o prefeito Jacques Barbosa e a primeira-dama Juliana Barbosa, juntamente com o secretário de Indústria e Comércio, João Baptista Santos Silva, membros das equipes das secretarias municipais de Cultura e Turismo, Esporte, Lazer e Juventude e o advogado Paulo Leal.
A comitiva também conheceu um pouco mais sobre a fonte de renda da comunidade que vem da confecção de artesanatos que são vendidos na cidade. Durante a visita, Jacques reiterou seu compromisso com a comunidade e a primeira-dama Juliana os convidou para conhecer a Central do Bem e a colocou à disposição dos indígenas.

HISTÓRIA
Os Mbyá-guarany são remanescentes do período anterior à vinda dos Jesuítas para as Missões e vivem em harmonia entre seus integrantes e a natureza que Voltaire, teria relatado em uma carta, escrita na Europa no sec. XVIII, que essa comunidade viveria tal e qual os relatos feitos na Bíblia a respeito do paraíso.

aLDEIA 2 (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa