Saiba mais sobre o ‘Delta Luminoso’ da AV. Ipiranga em Santo Ângelo

O monumento inaugurado no ano de 1998 contempla simbologias relacionadas aos conceitos maçônicos como o ‘Delta’ que é a quarta letra do alfabeto grego representada por um triângulo...

307 0
Delta Luminoso Projeto de Tadeo Martins - Foto: Marcos Demeneghi
Delta Luminoso Projeto de Tadeo Martins – Foto: Marcos Demeneghi

O Delta Luminoso é uma obra projetada pelo artista plástico Tadeu Martins e foi encomendada pela união da maçonaria de Santo Ângelo. Esta inserida desde o ano de 1998 no cotidiano dos santo-angelenses, mas, nesta semana é relembrada por ser mais uma obra do mesmo artista que fez o desenho do pórtico de entrada do Município. Projeto que contou com o lançamento da pedra fundamental e a presença do Ministro do Turismo neste final de semana em Santo Ângelo.

O monumento inaugurado no ano de 1998 contempla simbologias relacionadas aos conceitos maçônicos como o ‘Delta’ que é a quarta letra do alfabeto grego representada por um triângulo equilátero. No centro desta figura geométrica a representação de um olho.

Uma das curiosidades da obra é o formato tridimensional que foi construída. Está no canteiro central da Av. Ipiranga e permite a visão em vários ângulos. Quem observa a obra, enquanto contorna a rótula de entrada do município, por exemplo, terá a sensação de que o olho acompanha o movimento.

No centro também é possível observar a letra ‘G’ e quem olha com mais atenção vai perceber uma reta que corta a letra e termina em um espaço vazado, este detalhe representa um prumo.

O olho, a letra G ou a ledra ‘YOD’ (Yod ou iode é a 10ª letra de várias línguas semíticas), possuem significados semelhantes e qualquer um deles pode vir ao centro do Delta. Mas o olho encerra de modo mais rápido a simbologia pretendida e se tornou o sígno mais popular, pois é de mais fácil compreensão.

O olho representa a presença do ‘Grande Arquiteto do Universo’ – onipotente – e sugere o uso de uma visão espiritual (a chamada terceira visão). A denominação de delta luminoso vem deste tipo de signo, que em geral, também trás a representação de fachos de luz e significaria, entre outras simbologias, a força a expandir-se.

O delta, segundo os maçônicos, é o emblema da Tri-unidade. É o primeiro polígono. Tanto nas Igrejas Judaico-cristãs como nos templos maçônicos está geralmente envolvida de um “glória”, e centrada pela letra G. É o símbolo da tripla Força indivisível e divina que se manifesta como Vontade, Amar e Inteligência cósmicos ou ainda os Pólos positivo e negativo e o efeito de sua união. Ele simboliza também, os atributos da Divindade: Onipresença, Onividência e Onisciência.

Edição | Marcos Demeneghi | @marcosdemeneghi

Neste artigo

Participe da conversa