A Reforma da Previdência é alvo de críticas e protesto

Representantes sindicais de diferentes setores organizaram um ato de conscientização sobre os reflexos da Reforma da Previdência para os trabalhadores

146 0

Manifestação contra reforma da previdência (10) (Copy)A Reforma da Previdência foi alvo de críticas. Representantes sindicais de Santo Ângelo se mobilizaram e organizaram uma manifestação pública ocorrida na manhã de sexta-feira, dia 29.
No cruzamento da Av. Brasil com a Rua Marechal Floriano um grupo de pessoas estendeu cartazes, bandeiras e realizou uma panfletagem com vistas a conscientização de quem parava no semáforo.
Percebia-se no local representantes dos professores, bancários, aposentados, comerciários, trabalhadores rurais de Santo Ângelo e de Eugênio de Castro e servidores da Justiça Estadual.
No panfleto com o título “Não vamos pagar a conta!” os sindicalistas e representantes de classe afirmam que a Reforma apresentada não combate privilégios e pesa especialmente sobre as mulheres, idosos em situação de miséria.
Além disso, informam os manifestantes afirmam que uma CPI realizada em 2017, comprovou que não existe déficit na previdência, mas sim, má gestão. Os trabalhadores alegam que com o dinheiro é desviado para outras áreas. Ainda existem grandes devedores que são protegidos, estima-se que deixe de entrar R$ 31,2 bilhões por ano e a dívida de empresas chegou, em 2017, a R$ 450 Bilhões.
Esses e outros argumentos foram divulgados na manhã se sexta-feira em Santo Ângelo em um ato que se intensificou entre 10h30min e meio-dia.

Manifestação contra reforma da previdência (7) (Copy)

Manifestação contra reforma da previdência (1) (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa