O colono e o motorista motiva a festa deste final de semana

A mais tradicional Festa do Colono e Motorista de Santo Ângelo será realizada neste final de semana na Comunidade Evangélica Concórdia de Buriti. O mês de julho foi...

177 0

Buriti (Copy)A mais tradicional Festa do Colono e Motorista de Santo Ângelo será realizada neste final de semana na Comunidade Evangélica Concórdia de Buriti. O mês de julho foi movimentado com a organização dos festejos que fazem alusão aos imigrantes que chegaram naquela localidade na década de 20, inclusive os descendentes remanescentes das primeiras famílias que ali chegaram receberão homenagens.
Além da reunião dançante e do almoço festivo que será realizado no domingo, dia 29, na noite deste sábado, dia 28, também será realizado um culto ecumênico na Igreja Luterana com a participação das três comunidades religiosas: A Católica, Evangélica e Luterana.
A Festa do Colono e Motorista, a cada ano, é organizada por uma destas comunidades. Neste rodízio os anfitriões tem a responsabilidade de recepcionar os visitantes e o convite é estendido para moradores do campo e da cidade, reunindo milhares de pessoas todos os anos.
A tradição resgata as antigas festas da colheita realizadas pelos imigrantes alemães que colonizaram esta região de Santo Ângelo. Com o tempo foi agregado aos festejos alusivos aos motoristas que também compõe a história de desenvolvimento e transporte da produção das antigas colônias. Um dos diferenciais da festa neste ano é a homenagem aos membros mais antigos da Comunidade.Antes da Segunda Guerra Mundial, a Festa do Colono e Motorista era chamada “Festa do Imigrante”. Foi no dia 24 de julho de 1824 que os primeiros imigrantes alemães chegaram ao Rio Grande do Sul, portanto, motivo de festa e alegria para os descendentes alemães que moravam em Buriti.
Já São Cristóvão é considerado pelos católicos o protetor dos motoristas e no dia 25 de julho a classe em todo o Brasil celebra o seu dia, por isso a comunidade agregou mais um motivo de comemoração na tradicional festa da comunidade.

Programação

Sábado
•20h – Culto ecumênico na Igreja Luterana com a participação dos católicos, evangélicos e luteranos
Domingo
•10h – Hora Cívica no pátio da Igreja com pronunciamento de autoridades, entrega de faixas para as soberanas e homenagem aos membros mais antigos da comunidade.
•12h – Almoço
•14h – Reunião dançante com animação da Banda Indústria Musical

Neste artigo

Participe da conversa