Lugares Inexplorados: Capela Anjo Gabriel

Uma capela localizada dentro da área do quartel é usada por adeptos do catolicismo, o formato arquitetônico é inspirado nas construções jesuíticas missioneiras. A série lugares inexplorados destaca...

271 0

Capela no 1º BCom(11) (Copy)A Capela Anjo Gabriel é uma edificação localizada em área federal do Exercito Brasileiro em Santo Ângelo, onde o 1º BCom mantém suas instalações táticas. O formato arquitetônico deste espaço de fé, construído dentro do quartel, foi inspirado nas igrejas Jesuíticas Missioneiras.
Os traços arquitetônicos desta edificação revelam que a rotina militar também conserva a cultura regional, mantendo hábitos e constumes. Inclusive, no ano de 2005 a capela Anjo Gabriel foi reformada em alusão ao 60º aniversário do 1 Batalhão de Comunicações.
Toda primeira quinta-feira de cada mês são realizadas reuniões religiosas na Capela Anjo Gabriel, neste local também ocorrem celebrações ecumênicas em datas especiais.
Além dos católicos que usam a capela para momentos de fé, os evangélicos realizam cultos em um auditório e ainda militares espíritas se reúnem semanalmente para realizarem estudos doutrinários.

Centenário do Exército em Santo Ângelo  

Foi no ano de 1919 que o 4º Regimento de Cavalaria Independente chegou a Santo Ângelo, inclusive em 2019 o comando do exército realizará uma série de atividades alusivos a esta data histórica.
O subtenente Kraemmer é historiador e relata que naqueles anos os veículos eram com tração animal, portanto a cavalaria instalada em Santo Ângelo era hípica. Somente anos mais tarde, em 1944, o aquartelamento de Santo Ângelo iniciou o processo de mecanização, quando se instalou aqui, o 1º Regimento Moto-Mecanizado.
Em virtude da história de 100 anos do Exército Brasileiro em Santo Ângelo, Tenente Kraemmer e demais oficiais estão pesquisando os dados históricos referentes ao quartel, inclusive sobre a construção da capela.
Além do 1º BCom – Batalhão de Comunicações, a 10ª CSM – Circunscrição de Serviço Militar também está instalada nesta área do exército em Santo Ângelo. As edificações foram construídas no estilo Pandiá Calógeras, modelo arquitetônico planejado pelo Ministro da Guerra da época, João Pandiá Calógeras (1870/1934). O quartel de São Borja também conserva as mesmas características arquitetônicas.
João Pandiá Calógeras foi o primeiro e único civil a exercer o cargo de Ministro da Guerra na história republicana, no governo de Epitácio Pessoa. Empreendeu importante processo de modernização, expansão e aperfeiçoamento do Exército. Foi fundador da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército Brasileiro, engenheiro, geólogo e político brasileiro.

Capela no 1º BCom (2) (Copy)

Neste artigo

Participe da conversa