Frau Hintz: temperando amizades com doces e salgados há 34 anos

As receitas dos doces e salgados artesanais da Casa de Chá Frau Hintz fazem parte da história de Santo Ângelo e no domingo, dia 19, a esquina mais...

442 0
Margit Hintz
Margit Hintz – Foto: Marcos Demeneghi

“Temos muita coisa para fazer ainda, muito sonho para realizar”, revela Margit Hintz empreendedora que protagoniza uma história de dedicação e zelo pela gastronomia com identidade local. É idealizadora da Casa de Chá Frau Hintz, com fidelidade as receitas originais aprendidas com a Sr. Frau Hintz, forma nominal comumente usada para chamar a matriarca da família D. Loni, esposa do Sr. Reinaldo Hintz, Margit soube conduzir e manter o projeto que empreendeu no ano de 1986 e neste 2020 completa 34 anos.

As receitas da família já conquistaram o paladar dos santo-angelenses, mas também de vários municípios das Missões e Noroeste do Rio Grande do Sul. Margit se dispôs a uma conversa e também falar de sua trajetória. Ela conserva a visão empreendedora e tem projetos para o futuro. Mesmo sem data para início, revela que pretende fazer a restauração da fachada do prédio onde mantém a casa de chá e também investir no ambiente interno. Fala em deixar mais aconchegante, aliás, o ambiente de acolhimento aliado aos ingredientes naturais que utiliza na produção de salgados, doces e tortas sempre foram prioridades para esta empreendedora da gastronomia regional.
COMO TUDO COMEÇOU

Margit veio para Santo Ângelo aos dois anos de idade e quando jovem ajudava a mãe a fazer pães, cucas, bolachas, doces, salgados e tortas para comercialização na comunidade. Depois do falecimento de D. Loni e com o incentivo de um grupo de mulheres autodenominado “Amigas para Sempre”, bem como, com o apoio do Pai e parentes, Margit conseguiu capital com o sistema financeiro e inaugurou aquela que seria a mais tradicional casa de chá da cidade.

A empreendedora recorda que abriu a “esquina da família” para receber as pessoas e conta que deste modo as amigas mais íntimas também teriam um lugar apropriado para consumir os doces e salgados que tradicionalmente já eram produzidos e procurados pela comunidade. Inclusive recorda que D. Aline Azevedo e Jane Oliveira ainda moram na cidade e faziam parte daquele seleto grupo de amigas.

A história de amizade que incentivou a abertura da Frau Hintz conta ainda com curiosidades, como a de D. Gilda Marchinatti (hoje falecida), que batizou com seu nome uma das tortas mais requisitadas produzidas até hoje na casa.

A Casa de Chá Frau Hintz é um empreendimento familiar, atualmente ajudam nas tarefas diárias de produção e comercialização, sua irmã Irmengard Hintz, seu filho Romel Hintz e mais nove colaboradores.

A Frau Hintz envia o sabor de seus doces e salgados para varias cidades da Região como: São Luiz, Santa Maria, Santa Rosa, Ijuí, São Borja, Catuípe, entre outras, Irmangard explica que agora com a pandemia o envio para as outras cidades não está ocorrendo, pois sem a realização de eventos o consumo em escala maior de seus produtos diminuiu e as vendas estão concentradas pelo telefone no sistema encomenda e retirada no local. Mais informações pelo telefone (55) 3313 2549.

Por Marcos Demeneghi | Repórter e editor do Mensageiro

Neste artigo

Participe da conversa