Foto revela Santo Ângelo iluminada para a festa de Natal

Enquanto a projeção mapeada que conta a história de Sepé Tiaraju era exibida na Praça Pinheiro Machado, Guilherme Rocha usou a criatividade para registrar a cena noturna da...

858 0

Foto Gulherme rocha

A criatividade de Guilherme Rocha oferta um novo olhar para elementos já conhecidos como a Catedral e o perímetro urbano de Santo Ângelo e por fim, registra a visão noturna e urbana da cidade às vésperas do Natal, de um modo singular. O drone deste jovem videomaker levantou voo na noite do dia 17, por volta das 22h30min, registrou nossa Catedral revestida com as cores da projeção mapeada, que neste ano conta a história de Sepé. Contudo, a foto fez um recorte histórico do Natal de 2017 de modo único e digno de ocupar este espaço.

Nas redes sociais os compartilhamentos e curtidas também atestam que a comunidade aplaude a iniciativa de Guilherme Rocha, ele ficou muito surpreso com a repercussão da foto. “Perdi a conta de quantos likes e compartilhamentos a foto teve. Os números ficaram incalculáveis e recebi inúmeras mensagens, até mesmo de agradecimento. Também fui contatado por pessoas de fora do Estado e do País. A intenção era dar um destaque especial para nossa cidade nesse momento especial do ano e deu certo!” Disse Guilherme.

A iluminação noturna em contraste com a Catedral vestida para a festa foi a inspiração para a foto. Tecnicamente ele optou por uma edição “pouco carregada”, ou seja, fez correções para realçar as luzes do espetáculo e oferecer mais “vida” a cena noturna. Este não foi o primeiro trabalho de Guilherme, que tem 28 anos e iniciou na área de vídeo aos 14 anos de idade. Foi produtor de vídeos e fotos no 1ºBCom e atuou como repórter cinematográfico no Grupo RBS. Neste ano ele fez outros dois registros curiosos pela técnica usada e o resultado obtido. Ele disse que fez uma foto da Catedral Angelopolitana e do Santuário de Schoenstatt, através da técnica de “mini planeta” e recebeu centenas de comentários, curtidas e compartilhamentos.

“Confesso que foi algo surpreendente, a primeira foto que tirei da Catedral com a técnica do “mini planeta ou mini mundo” como muitos chamam, chegou a alçar a marca superior a 850 curtidas e 750 compartilhamentos, somente no meu perfil pessoal do Facebook”, destaca o videomaker.

O santo-angelense não esconde a paixão pela cinematografia e destaca que futuramente pretendo elaborar novos projetos na área do audiovisual. “Desde os 14 anos de idade filmava a galera andando de skate e daí não parei mais, mas confesso que esse tipo de segmento me atrai”. Declara Guilherme que pretende continuar criando novos projetos para divulgar a rica história da cidade e da região.

Neste artigo

Participe da conversa