Comitê decide flexibilizar a abertura do comércio em Santo Ângelo

Na manhã desta quinta-feira, 16, o prefeito Jacques Barbosa reuniu os membros do para tratar sobre a flexibilização dos estabelecimentos comerciais em Santo Ângelo. O decreto foi publicado...

599 0

Foi deliberado que os estabelecimentos irão trabalhar com 30% de sua capacidade de atendimento conforme o alvará ou Plano de Prevenção e Combate a Incêndio (PPCI). Além disso, as pessoas que trabalharem com atendimento ao público terão de usar luvas e máscaras, o distanciamento será de, no mínimo, dois metros entre as pessoas, e a adoção de todos os procedimentos de higienização recomendados nas estruturas, equipamentos e máquinas utilizadas. Para a população é feita a recomendação do uso de máscaras.

Continuam cancelados eventos, atividades, reuniões e congêneres, em locais fechados, tais como bares, pubs, casas noturnas, teatros, cinemas e museus. Mesmo em locais abertos, seguem cancelados eventos com aglomeração prevista com mais de 30 pessoas. A presença máxima de 30 pessoas vale, também, para celebrações religiosas.

Também seguem suspensas as atividades em quadras esportivas, campos de futebol, canchas de bocha, estúdios de dança, casas de festas, espaços kids e afins. São exceções atividades físicas de reabilitação com orientação médica.

Com relação ao funcionamento das escolas, o prefeito salientou que segue valendo as determinações do Estado e até o dia 30 deste mês as aulas seguem suspensas nas redes municipal, estadual e particular e em todos os níveis.
Comitê de Enfrentamento ao Covid-19

Foto: Fernando Gomes - A reunião ocorreu no auditório Juarez Lemos da Câmara de Vereadores
Foto: Fernando Gomes – A reunião ocorreu no auditório Juarez Lemos da Câmara de Vereadores

Na manhã desta quinta-feira, 16, o prefeito Jacques Barbosa reuniu os membros do para tratar sobre a flexibilização dos estabelecimentos comerciais em Santo Ângelo. O decreto foi publicado nesta sexta-feira, 17.

A reunião foi realizada no Plenário Juarez Lemos da Câmara de Vereadores e contou com as presenças do prefeito; do secretário municipal de Saúde, Luis Carlos Cavalheiro; coordenador regional de Saúde, Iury Sommer Zabolotsky; secretário municipal de Indústria e Comércio, João Baptista Santos da Silva e representantes das demais entidades que compõem o Comitê.

O secretário Cavalheiro afirmou que a opção pela flexibilização do comércio é legítima. “Entretanto, temos que entender que o risco existe e, por isso, é muito importante seguir as recomendações de higienização e os cuidados pessoais”.

Neste artigo

Participe da conversa