Chuva e vento causam estragos em Santo Ângelo

A última quinta-feira, dia 17, foi marcada por temporais em Santo Ângelo. O vento e a chuva deixaram prejuízos em mais de cem residências no município

190 0

49947876_2254573334563354_7512411719310770176_nDois temporais e mais de 97,5 milímetros de chuva causaram transtornos em Santo Ângelo, na quinta-feira, dia 17. O primeiro temporal aconteceu na madrugada e deixou mais de oitenta residências alagadas. Além dos alagamentos, galhos de árvores foram derrubados e fios de luz e internet ficaram danificados. Parte da zona leste chegou a ficar ser energia elétrica e sem água. Na região central também foram contabilizados prejuízos em empresas e residências da Avenida Getúlio Vargas.
Segundo o chefe da Defesa Civil de Santo Ângelo, Adelar Cavalheiro, o Bairro Harmonia foi o mais afetado, com setenta residências alagadas pela chuva, que estragou móveis e assustou moradores. Além disso, o Bairro Emília, Vera Cruz e Boa Esperança, foram outros locais atingidos.
Uma moradora do Bairro Harmonia relatou que na sua residência, o nível da água subiu até a altura da sua cintura. “Em 28 anos morando no bairro, nunca havia passado por uma situação semelhante”, disse.
A Defesa Civil e secretarias municipais estiveram mobilizadas desde as primeiras horas do dia, para dar assistência às famílias atingidas. “Acompanhamos na madrugada todo o sofrimento das famílias limpando as casas e tirando a água represada nos pátios, acionamos as secretaria do Meio Ambiente, Habitação a da Ação Social, que estiveram presentes e acompanharam a situação.”, destacou Adelar Cavalheiro.
Já no final da tarde, outro temporal deixou trinta residências destelhadas em toda a cidade. Os números foram divulgados pela Defesa Civil e além das casas, árvores caíram e um dos prédios da URI chegou a ter parte da cobertura arrancada.

Neste artigo

Participe da conversa