Ar polar toma conta de Santo Ângelo nesta quarta-feira

O noroeste gaúcho está entre as regiões do estado que mais serão impactadas pela sensação de frio

575 0

6041866635_27e1266163_o (Copy)

O noroeste gaúcho está entre as regiões do estado que mais serão impactadas pela sensação de frio

 

Massa de ar polar de grande intensidade já ingressou no Rio Grande do Sul no final de terça-feira, dia 27, e Santo Ângelo deve registrar a temperatura mais baixa do ano. Para quinta-feira, dia 28, estima-se o registro de temperaturas negativas na casa de -2° C no município.

Por conta deste fenômeno meteorológico, existe a perspectiva de frio extremo em algumas regiões do estado, neve, geada e geada negra, congelamento e ainda sensação térmica excepcionalmente baixa fora do comum.

O frio deve ser persistente e continua nos primeiros dias de agosto. Em Santo Ângelo a onda de frio mostra sua face mais gelada na quinta-feira, mas depois disso, continua atuando e acompanha a rotina dos moradores no início da próxima semana.

Ventos no litoral

Ainda por conta da mudança de temperatura, a Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), informou a passagem de um sistema frontal que poderá provocar ventos de direção Oeste a Sudoeste, com intensidade de até 100 km/h (55 nós), na faixa litorânea entre os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, ao sul de Laguna, nesta manhã.

Os ventos associados a esse sistema meteorológico poderão provocar agitação marítima, com ondas de direção Sudoeste a Sudoeste, com até 6,0 metros de altura, em alto-mar, na faixa litorânea entre os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, ao sul de Laguna, entre a manhã do dia 27 e a noite de 28 de julho.

Frio chama a atenção na região de Santo Ângelo

A MetSul destaca que o frio deve chamar atenção pela intensidade em áreas mais continentalizadas e distantes do campo de influência de vento e nuvens do ciclone como o Noroeste gaúcho, o Oeste catarinense, o Sul do Mato Grosso do Sul e o Paraná que terão mínimas muito baixas.

Mesmo com a presença do sol, as tardes devem ser de temperatura máxima baixa entre a quarta-feira e sexta, sequer chegando aos 14ºC em muitos municípios da região. A presença de nuvens, ademais, em alguns dias pode fazer com que algumas cidades de maior altitude tenham temperatura negativa ou perto de 0ºC durante todo o dia entre quarta e quinta, em particular nos Campos de Cima da Serra e no Planalto Sul Catarinense.

GEADA MUITO AMPLA

A intensa massa de ar frio deve trazer geada em grande parte do Centro-Sul do país nesta semana, especialmente entre terça e quinta-feira, quando o ar estará mais frio e seco sobre a região. Deve gear na grande maioria dos estados do Sul, Centro-Oeste e do Sudeste do Brasil neste evento polar.

Geada no Rio Grande do Sul - Fotos: Marcos Demeneghi
Geada no Rio Grande do Sul – Fotos: Marcos Demeneghi
Neste artigo

Participe da conversa