Aprendizes do “Gênio”

Alunas (os) de Fabiano Millani vibram com o reconhecimento internacional do professorque foi considerado um gênio do hiper-realismo por setores da imprensa italiana

152 0

Milani 01Fabiano Millani fez dois workshops na Itália, onde chegou a ser anunciar um “Gênio do Hiperrealismo”, nesta semana retornou para as atividades em seu ateliê e na quarta-feira, dia 7, as(os) aprendizes santo-angelenses de sua arte prepararam um coquetel de recepção para parabenizar o mestre e celebrar o reconhecimento internacional conquistado nos últimos anos.

Elas (es) vibram com a conquista do “Mestre”
Cléo Correa é aluna de Millani e uma das organizadoras da recepção. Ela disse que a cada degrau que o artista conquista, os alunos e alunas vibram juntos. Além de impressionar pela realidade da sua pintura ao manipular as cores do óleo sobre a tela, Millani é considerado um excelente professor.
“Estive no garrão da bota” disse Milani ao explicar a localização de um dos ateliês onde ministrou workshops para outros artistas. Ele esteve em Roma e Lecce (Maglie), o convite partiu dos italianos que conheceram o trabalho do brasileiro pela internet, e ao que tudo indica, no mês de agosto os italianos querem a presença dele em mais um evento. “Não estamos perdendo para os gringos” disse o artista que falou com humildade e carinho sobre o reconhecimento obtido em outros países.

Incentivo do professor
Quem conhece bem o talento do Mestre são as alunas(os) que o consideram um ótimo professor.
Maria Eduarda Welzbacher logo na primeira pintura orientada por Milani conquistou reconhecimento em concursos. “Para mim o Milani é um grande mestre, tenho um amor e consideração enorme por ele. Considero uma pessoa humilde e que sempre esteve ao meu lado, me incentivando.”
“Eu comecei a fazer aula com o Millani há três anos, primeiramente com desenho e logo após comecei a fazer pinturas. Com o estímulo do Millani, fiz o meu primeiro quadro e a partir do seu convite, o levei a uma exposição em Santa Rosa. Logo após, meu primeiro quadro ganhou um prêmio como melhor pintura em um site para empoderamento feminino chamado Fuzia. Já tenho três certificados de pintura e isso não seria possível sem o incentivo do Millani, sempre mostrando que tenho potencial e que tudo é possível com esforço e boa vontade.”
Cléo Correa e Ineida Chaves também foram premiadas na 29ª Mostra Artistas da Terra, evento que tradicionalmente ocorre em Santa Rosa para mostrar o trabalho de artistas plásticos das regiões Noroeste e Missões do Estado nas categorias pintura, desenho, gravura, escultura, porcelana, fotografia, cerâmica, videoarte, instalação, infogravura. Ineida chaves além de conquistar o primeiro lugar na categoria pintura, conquistou o primeiro lugar na categoria geral, que concorria com todas as expressões artísticas da Mostra. A tela de Ineida retrata um ângulo das Ruínas de São Miguel e levava o título “Terra sem males”.
Os workshops em que Fabiano Millani participou foram realizados em dois finais de semana. Ele já havia participado de um workshop há cerca de dois anos na Europa e já está agendando mais uma viajem para agosto deste ano. Por enquanto o artista não pensa em residir em outra cidade, pois pretende estar ao lado da família, pessoas que ele trata com muito carinho e respeito.

Millani 03

Millani 05

 

Neste artigo

Participe da conversa