Sábado 7/01/2012

O ano 2012 está há 7dias existindo e daqui a 7dias estará existindo mais 7dias. O período em tela é para recordar o uso de “há” e de...

547 0

O ano 2012 está há 7dias existindo e daqui a 7dias estará existindo mais 7dias. O período em tela é para recordar o uso de “há” e de “a” usados em relação ao tempo. Usa-se “há” quando o tempo já passou, e usa-se “a” quando o tempo é futuro. Convém notar que “há” e “a”, nos casos de tempo, não variam, ficam sempre “há” e “a”. Nunca ficam, portanto, “hão” e “as”.
A expressão “salário mínimo” tem hífen na nova reforma ortográfica? Tem. Escreve-se “salário-mínimo”. Os dois termos de “salário-mínimo” recebem “s” no plural: “salários-mínimos”. Esse é o único plural correto de “salário-mínimo”.
Há mais expressões que usam o termo “salário” e que têm hífen? Há mais quatro. A primeira é “salário-base” e tem estes dois plurais corretos: “salários-base” e “salários-bases”. A segunda é “salário-família” e tem estes dois plurais corretos: “salários-família” e “salários-famílias”. A terceira é “salário-hora” e tem estes dois plurais corretos: “salários-hora” e “salários-horas”. E a quarta é “salário-maternidade” que só tem um plural correto, este: “salários-maternidades”.
A expressão “decreto lei” tem hífen? Tem. Deve ser escrita “decreto-lei”. “Decreto-lei” tem quantos plurais corretos? Tem dois: “decretos-lei” e “decretos-leis”.
Existe alguma expressão que usa o termo “sal” e tem hífen? Existe. Aliás, existem duas. Uma é  “sal-amargo” e outra é “sal-amoníaco”. Ambas as expressões só têm um plural correto. Os dois termos das expressões recebem “s”: “sais-amargos” e “sais-amoníacos”.
As demais expressões que usam o termo “sal” não têm hífen. Entre elas estão, por exemplo, estas quatorze: sal de azedas, sal de chifre de veado, sal de embate, sal de epsom, sal de frutas, sal de gláuber, sal de júpiter, sal de santa maria, sal de saturno, sal de tártaro, sal de vidro, sal de vinagre, sal do mar e sal do peru. Essas expressões valem tanto para o singular quanto para o plural.
Estas três expressões que usam o termo “seguro” – “seguro-desemprego”, “seguro-maternidade” e “seguro-saúde” – se escrevem com hífen? Sim, escrevem-se com hífen. Cada uma das três expressões apresenta estes dois plurais corretos: “seguros-desemprego” e “seguros-desempregos”, “seguros-maternidade” e “seguros-maternidades”, “seguros-saúde” e “seguros-saúdes”.
Vejam-se estas quinze palavras derivadas escritas antes do acordo ortográfico: antiinflacionário, arquiinimigo, autoônibus, pseudo-organizado, mega-ação, antiimperialista, micro-organismo, antiibérico, supra-auricular, arquiirmandade, autoobservação, semi-interno, microondas, contra-ataque e intra-arterial. Uma confusão: veem-se algumas palavras com hífen, outras sem hífen. O novo acordo padronizou este assunto deste jeito: Usa-se hífen em vocábulos derivados cujo prefixo terminar por vogal igual à vogal inicial do segundo elemento. Assim sendo, as quinze expressões antes enumeradas devem ser escritas com hífen: anti-inflacionário, arqui-inimigo, auto-ônibus, pseudo-organizado, mega-ação, anti-imperialista, micro-organismo, anti-ibérico, supra-auricular, arqui-irmandade, auto-observação, semi-interno, micro-ondas, contra-ataque e intra-arterial.      

Neste artigo

Participe da conversa